Oitava etapa (quinta etapa da GT Sprint Race Brasil) terá duas corridas, uma diurna e a tão esperada “Corrida Noturna” da temporada 2021.

As atividades válidas pela oitavo e penúltimo encontro da temporada no Autódromo Internacional Ayrton Senna começam na sexta-feira, 29 de outubro, com um treino extra, às 12h30, duas sessões oficiais de 45 minutos, às 14 horas e a partir das 18 horas, e as duas corridas programadas para o sábado serão disputadas no circuito curto do autódromo, a bateria diurna terá largada às 14 horas. Já a Corrida Noturna, está diretamente ligada à claridade do momento e condições climáticas, a largada está prevista para as 18 horas.

Estão confirmados 28 pilotos para a prova válida para a quinta etapa do torneio da GT Sprint Race Brasil, que participarão sozinhos ou em dupla, no comando das máquinas de motor V6, 3.6 litros e 300cv de potência na pista de 3.055 metros de extensão com nove curvas.

O autódromo de Londrina é considerado um pouco travado, com muitas curvas de baixa e média velocidade. É um circuito de difícil ultrapassagem, por ser um pouco estreito, por ter poucas áreas de escape e o muro fica muito perto da pista.

O traçado do autódromo conta com uma reta do box de 700 metros e uma curva bem travada para esquerda com uma freada forte, uma pequena reta onde chega à curva da caixa d’água para esquerda em subida que vai em direção ao “S” da caixa d’água, curva das mais importantes do circuito por ser a entrada da reta principal de 800 metros.

Quanto às provas, estas trazem muitas emoções. A reta dos boxes e a reta oposta, muitas ultrapassagens. No miolo também dá para ver os pilotos travando as rodas, freando cada vez mais tarde para buscar uma ultrapassagem.

Alguns competidores sequer conhecem o traçado; outros tiveram experiências anteriores na competição ou em outras categorias nacionais. Por isso, a ansiedade é enorme para o desafio da GT Sprint Race com o incremento da corrida que terá início ao anoitecer londrinense.

Confira a expectativa dos pilotos para a etapa de Londrina em suas respectivas categorias:

PRO

Gerson Campos #82 – “Estou muito feliz da volta da etapa Corrida Noturna, da Night Challenge em Londrina, se tornou uma marca da Sprint Race e do automobilismo brasileiro, também uma referência de inovação. Os faróis nos carros novos ficaram mais protegidos. É outro desafio, corrermos em outra temperatura, precisa trabalhar a pressão dos pneus de outra forma, temos que trabalhar a nossa visão de profundidade para guiar à noite. Já tive uma vitória no ano passado em Londrina na Special Edition ao lado de Galid Osman e, agora, espero subir no pódio novamente com as demais feras do grid”.

Luciano Zangirolami #19 – “Estou muito otimista para a etapa noturna da GT Sprint Race. Até agora conquistei somente um pódio na temporada, com uma 3ª colocação em Interlagos, e isso me deixou bem incomodado. Para isso, aproveitei o espaço entre a última etapa e essa, para me preparar muito física e psicologicamente. Foram oito quilos eliminados e a confiança tá lá em cima. Somos movidos a resultados, por isso tenho que tirar 120% de mim. Já venci uma edição da #nigthchallenge, e o foco é conquistar pela segunda vez essa super corrida”.

Gabriel Casagrande #85 – “Nunca corri de noite aqui no Brasil, fiz uma corrida noturna nas 24 Horas de Daytona. Acho muito legal a ideia da organização sempre quis participar. Gosto muito do traçado, no ano passado que corri ali, fui muito bem. Então, espero que seja um final de semana muito legal e que possamos conquistar bons pontos, porque estamos ainda na briga do campeonato e que o Eduardo Pavelski tenha um desempenho bom também. Que saiamos com o sorriso no rosto com sensação de dever cumprido”.

Sérgio Ramalho #25 – “É super válido esse formato de corrida, agradam o público, uma festa diferente de assistir, os carros proporcionam muitas disputas, então, acho que à noite vai ser bem interessante. Nunca corri em prova noturna, mas a expectativa é muito boa para isso, espero que possamos buscar um grande resultado. Estou bem animado para esta etapa, Londrina é uma pista que faz bastante o estilo de guiar que eu curto; inclusive, a minha última participação no circuito conquistei uma vitória na Special Edition na divisão PRO”.

Dudu Trindade #25 – “Quando uma corrida é noturna, muda bastante a sensação de velocidade do carro, gerando um desafio a mais para os pilotos, gosto muito de ideias assim, então acredito que vai ser uma experiência muito legal. Gosto da pista de Londrina, tem muitas subidas e descidas e curvas de diferentes tipos, o que exige bastante técnica. Para esse final de campeonato espero muita disputa, ainda há muitos pontos em jogo e tudo pode acontecer”.

Thiago Camilo #21 – “A Corrida Noturna será uma experiência nova para mim, estou muito feliz e ansioso para participar, só prova de kart à noite. Sinceramente, estou um pouco apreensivo de como será em Londrina com uma pista difícil, muito técnica, como será criar as referências com pouca luminosidade. A expectativa para o final do campeonato é positiva, viemos de uma etapa que conseguimos descontar pontos do líder. Então, eu e o Beto Cavaleiro, vamos bem confiantes para fazer uma boa etapa e para descontar a diferença no campeonato. Tem tudo para ser uma grande prova”.

Alex Seid #300 – “Já participamos uma vez em 2019 da Corrida Noturna. É uma pista rápida com pouca margem para erro, então é pressão para acertar o tempo todo. Na etapa Special Edition do ano passado fomos bem e queremos repetir a performance. Estamos na vice-liderança do campeonato nacional e com chances de títulos. Queremos ser constantes sem perder nenhuma oportunidade de pontos até a última etapa em Curitiba para conquistar uma boa posição final”.

Marcelo Henriques #300 – “Mais uma corrida super legal e diferente que a GT Sprint Race nos proporciona. Faz parte do DNA da categoria e acaba explorando outras habilidades dos pilotos que não vemos em outros eventos. A expectativa é dar o nosso melhor sempre pensando no campeonato, como fizemos até aqui, sabendo também a hora certa de arriscar. A energia da cidade também é acima da média, adoro vir pra cá. Considero um traçado divertido, tão desafiador quanto Cascavel e gosto desse tipo de pista. Por conta dessa pouca margem para erro, costuma render boas disputas e corridas divertidas de assistir para o público”.

“Vamos chegar disputando o título até a final em dezembro com vários concorrentes. O campeonato da PRO é muito equilibrado e num nível altíssimo. Leo e Julinho estão liderando e são uma dupla consistente. Também acredito que eu e o Alex estamos fortes na briga, por sermos uma dupla consistente e “cabeça”. E claro que não dá para descartar as duplas que têm o Casagrande e o Camilo. Ambos enfrentaram diversos problemas que não dependeram deles durante o ano e agora também estão na disputa. Fico feliz demais de ver que estamos bem nessa disputa”.

Nathan Brito #03 – “Nunca corri à noite, então não sei o que esperar da visibilidade. A pista de Londrina é uma das minhas preferidas, antes do início da temporada, as únicas pistas brasileiras em que eu tinha andado eram Londrina e Interlagos. Então, além de Interlagos, em todas as etapas esse ano eu estava conhecendo uma pista nova. Londrina é uma pista que já conheço e gosto, então tenho expectativas boas. Na fase final do campeonato acredito que será uma disputa boa entre eu, Alex seid e Thiago Camilo”.

Julio Campos #04 – “É muito legal voltar a fazer uma corrida noturna, agora, em Londrina, uma pista bem difícil e que me identifico bastante. Então, embora para lá!”.

Léo Torres #04 – “A Corrida Noturna é um evento fantástico. A experiência foi muito boa, adorei largar com aquele por do sol lindo de fundo. Adoro a pista de Londrina, andei ano passado lá em uma etapa especial, e fui muito bem, o carro “casa” muito bem com o traçado”.

AM

Walter Lester #17 – “Nunca andei em um autódromo à noite vai ser uma experiência nova. A pista e muito técnica e não admite erros já que é rodeada de muros. Então, é uma tocada  diferente do que uma corrida tradicional, com maior precaução. Espero conseguir o maior número de pontos possíveis e ganhar o campeonato”.

Caê Coelho #55 – “Tive a oportunidade de andar com o carro antigo ainda, é muito desafiador, difícil, porque você perde muita referencia pela falta de luz, isso complica bastante deixa tudo mais tenso, mas ao mesmo tempo deixa tudo para quem curte corrida mais divertida. Mas a expectativa é muito positiva, gosto desse tipo de loucura no bom sentido, desses desafios todos. Tenho certeza de quem irá pela primeira vez, vai curtir bastante e será um ótimo evento como todos os outros”.

Luís Debes #37 – “A corrida noturna é sempre um show à parte, e independente do resultado sei que todos vão se divertir muito (um dos diferenciais da categoria), mas repetir o feito de vitórias não será nada mal para manter a liderança na tabela. Estou muito ansioso pela prova”.

Marcus Índio #09 – “Será a estreia na GT Sprint Race correndo sozinho e em corrida noturna em Londrina. Faz dois dias que não durmo direito, apesar de já conhecer a pista, estou muito ansioso”.

Giovani Girotto #72 – “A expectativa de ser a corrida mais divertida do ano. Já realizei algumas corridas noturnas no kart, e sempre são muito legais. Não conheço o traçado e a pista, então o desafio será grande.  Vou com a expectativa de conseguir mais alguns bons resultados para fechar o ano”.

PROAM

Francesco Franciosi #73 – “A expectativa é boa por já conhecer a pista. Será a minha primeira prova à noite. A estratégia é fazer o maior número de pontos possíveis para tirar a diferença do primeiro colocado do campeonato”.

Pedro Costa #161 – “No ano passado em Londrina fui super bem, venci na etapa na divisão do carro com o Luiz Arruda na classe AM, e gostei bastante. O circuito precisa um pouco de cautela, porque ele tem as suas particularidades. Então, a expectativa é que possamos ter um ritmo forte no final de semana também. O fato de ser à noite mudará bastante o cenário, sendo difícil para todos e é ter uma coroa de aprendizado rápido para se acostumar com a luminosidade e ir para cima”.

Antonio Junqueira #161 – “Corrida noturna e ainda no autódromo desafiador como é o de Londrina. É um outro desafio, andar de dia e à noite na mesma etapa torna o final de semana de prova mais emocionante e bacana”.

Pedro Aizza #35 – “Vamos para encarar mais esse desafio correndo à noite. Vai ser emocionante! O objetivo é continuar fazendo bons pontos para o campeonato”.

Rafael Dias #13 – “Vim à Sprint em busca de aprender e continuar evoluindo tecnicamente como piloto. Correr pela primeira vez à noite é mais uma experiência enriquecedora nesse sentido. Mais uma oportunidade especial proporcionada pela GT Sprint Race”.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Pirelli e Militec1, têm apoio da TecPads, Fremax, Tekbond, Graxa e Gold Springs.

Serviço – 8ª etapa GT Sprint Race 2021Data: 29 e 30 de outubro
Local: Autódromo Ayrton Senna
Endereço: Av. Henrique Mansano, 777, Jardim Alpes I
Cidade: Londrina (PR)

Confira a programação da etapa de Londrina – #nightchallenge:

Sexta-feira, 29 de outubro

08h30 às 10h30 – GT Sprint Race – Shakedown organização

10h35 às 11h25 – GT Sprint Race – Track walk

12h30 às 12h15 – GT Sprint Race – Treino extra

13h30 às 13h55 – Briefing presencial obrigatório

14h00 às 14h45 – Treino oficial 1 (máx. 18 voltas)

18h00 às 18h45 – Treino oficial 2 (máx. 18 voltas)

Sábado, 30 de outubro

10h00 às 10h10 – Treino classificatório – Q1

10h20 às 10h30 – Treino classificatório – Q2

11h35 às 11h30 – Ação promocional

14h00 – Corrida 1 (diurna)

14h30 às 14h50 – Pódio – Corrida 1

15h00 às 16h30 – Ciclismo local

16h40 às 17h40 – Ação promocional

18h00 – Corrida 2 (noturna)

22h00 – Pódio – Corrida 2 – Local a ser definido

ATENÇÃO: O horário da segunda corrida está diretamente ligado à claridade do momento e condições climáticas.

Confira as tabelas completas do Overall, GTSR Brasil, GTSR Special Edition e Rookie Off The Year no site https://sprintrace.com.br/tabela-de-classificacao-2021/.

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 1 – 02 de Maio – Velocitta – Mogi Guaçu/SP (Brasil/#GrandOpening)

Etapa 2 – 23 de Maio – Goiânia/GO (#SpecialEdition)

Etapa 3 – 27 de Junho – Interlagos/SP (Brasil/#SuperPole)

Etapa 4 – 18 de Julho – Cascavel/PR (Brasil/#TripleX)

Etapa 5 – 15 de Agosto – Tarumã/RS (#SpecialEdition)

Etapa 6 – 05 de Setembro – Curitiba/PR (Brasil/#InverseRace)

Etapa 7 – 03 de Outubro – Lima Duarte/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 30 de Outubro – Londrina/PR (Brasil/#NightChallenge)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Siga-nos também nas redes sociais:

Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil

Twitter: @Sprint Race

Youtube: youtube.com/sprintracebrasil

Instagram: instagram.com/sprintrace

Site: www.sprintrace.com.br

Fotos para download:

https://www.flickr.com/photos/gt_sprint_race/albums

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Luciano Santos/SiGCom