Camilo venceu a Corrida 3 e garantiu o título da PRO ao lado de Pedro Ferro. Na PROAM, a vitória foi de Raphael Teixeira, e na AM, de Cassio Cortes.

Goiânia, GO – O fim de semana da GT Sprint Race no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), foi perfeito para quem é apaixonado pelo automobilismo. Depois das duas primeiras corridas emocionantes, na tarde de sábado e manhã deste domingo, 23 de maio, respectivamente, a terceira e última prova da programação da Special Edition fechou a competição em grande estilo. Thiago Camilo, do GTSR#03, venceu com o tempo de 28min41seg após uma batalha de alto nível com Gabriel Casagrande (GTSR#83) e Nathan Brito (GTSR#19), que terminaram em segundo e em terceiro lugares.

Além disso, na categoria PROAM,  a briga também foi incrível. O título ficou com Raphael Teixeira (GTSR#373), seguido por Pedro Aizza (GTSR#35) que quebrou na última volta, mas manteve a segunda colocação no geral, e Daniel Correa (GTSR#69). Já na AM, o primeiro lugar foi de Cassio Cortes, com Walter Lester (GTSR#17) em segundo lugar apos vitórias nas duas provas anteriores, e Giovani Girotto (GTSR#72).

A terceira corrida da Special Edition em Goiânia também foi de tirar o fôlego. Logo na largada, Thiago Camilo, que saiu em terceiro, assumiu a ponta e abriu vantagem em relação aos adversários. Nathan Brito e Pedro Costa passaram a disputar a vice-liderança. Na sexta volta, porém, Gabriel Casagrande, que  tinha saído na  17ª posição, entrou na disputa. Ele e Nathan foram atrás de Camilo e encostaram no líder na 11ª volta. A partir daí, os três proporcionaram mais um show de pilotagem, trocando de posições várias vezes. Na última volta, Camilo voltou à primeira colocação e, apesar da pressão de Casagrande e Nathan, conseguiu segurar até cruzar a linha e garantir mais uma vitória na carreira.

Thiago Camilo elogiou a atitude dos três primeiros colocados e revelou que guardou o GT Attack para a última volta. “Muito legal. Uma corrida emocionante e disputa limpa. Acho que temos de valorizar o respeito entre todos. Isso é o que o público gosta de ver, disputa, mas com respeito. Muito bom poder estar ao lado de pilotos que respeitam e que proporcionam uma corrida emocionante. Guardei o recurso de potência extra (GT Attack) para o final prevendo que seria bem apertado e acabou dando certo. Estou muito feliz”, afirmou o piloto que venceu em 2020 também a etapa de Goiânia da Special Edition.

Seu companheiro, Pedro, ressaltou a importância de marcar os pontos. “Foi muito bom, pois conseguimos somar pontos para o campeonato no fim de semana. Conseguimos andar bem nas provas anteriores e garantir o terceiro lugar no grid. O Thiago fez uma corrida sensacional e teve frieza para guardar o acionamento da potência extra para o final. Foi muito bom”, completou.

Na PROAM, Raphael Teixeira disse que largou pressionado. “Sabia que a missão não seria nada fácil. Fiz a pole ontem e bati na primeira curva. Larguei hoje com uma pressão enorme de fazer resultado. Desviei de um acidente no começo, fui lá para trás e fui buscando as posições para ganhar na última volta. Serviu para lavar a honra. Estou muito feliz”, afirmou o piloto campeão de 2020 da Special Edition na classe AM.

O piloto Cassio Cortes, festejou bastante a vitória na AM e destacou que pretender estar nas próximas etapas. “A GT Sprint Race é demais, o carro é incrível e muito gostoso. Nós tínhamos um bom ritmo e queria que o Parizotto começasse com um grande resultado. Agora é esperar para que possamos participar de outras edições da Special Edition”, declarou.

Para Thiago Marques, organizador da GT Sprint Race, o saldo do fim de semana foi incrível. “Não podia ser melhor. Apesar de estas etapas especiais exigirem mais trabalho e esforço de toda a equipe, o importante foi coroar com três corridas fantásticas. Elas servem para mostrar o nível dos pilotos que compõem o grid e o grande equilíbrio dos carros. Não poderia ser melhor para essa décima temporada da categoria”, afirmou.

O calendário prevê agora o próximo desafio do campeonato Brasil, no dia 27 de Junho, em Interlagos/SP (#SuperPole).

Resultado da Corrida 3 – Special Edition (Goiânia/GO):

1) #03 Thiago Camilo / Pedro Ferro, PRO, 26min12s943

2) #83 Gabriel Casagrande / Eduardo Pavelski, PRO, a 0s113

3) #19 Nathan Brito, PRO,  a 0s617

4) #01 Alex Seid, PRO, a 8s415

5) #82 Gerson Campos, PRO, a 12s302

6) #373 Raphael Teixeira / Kleber Eletric, PROAM, a 14s913

7) #35 Pedro Aizza, PROAM, a 14s942

8) #69 Daniel Correa, PROAM, a 15s942

9) #04 Cassio Cortes / Leandro Parizotto, AM, a 24s845

10) #11 Lourenço Beirão / Weldes Campos, PRO, a 25s032

11) #793 Adalberto Baptista, PROAM, a 25s627

12) #17 Walter Lester, AM, a 29s968

13) #73 Francesco Franciosi, PROAM, a 34s126

14) #13 Rafael Dias / Marcus Índio, PROAM, a 35s081

15) #72 Giovani Girotto, AM, a 43s057

16) #31 Luiz Arruda / Vinny Azevedo, AM, a 43s662

17) #37 Ricardo Siqueira, AM, a 1min16s255

18) #21 Beto Cavaleiro / Cesar Fonseca, AM, a 6 voltas

19) #161 Pedro Costa / Antonio Junqueira, PROAM, a 10 voltas

20) #25 Sérgio Ramalho / Eduardo Trindade, PRO, a 10 voltas

Melhor volta: Gabriel Casagrande #83, 142.436 km/h, em 1min36s928

CLASSIFICAÇÃO E PRÊMIOS – O sistema de classificação segue regulamento ao estilo australiano, a cada etapa serão três corridas e podem se inscrever para cada carro até três pilotos. Nessas etapas especiais, os pilotos vão competir em até três inscritos por carro, cada qual em sua respectiva classe (PRO, AM e PROAM).  Em comemoração à 10ª temporada da GT Sprint Race, além do título do minitorneio, os pilotos concorrem a R$ 90 mil, como prêmio em crédito para serem utilizados na próxima temporada da categoria.

O calendário da GT Sprint Race está dividido em duas séries e nove etapas: o campeonato principal propriamente dito, com seis etapas (duas corridas em cada), – Velocitta (SP), Interlagos (SP), Cascavel (PR), Palmeira (PR) e duas em Curitiba (PR) –, e as três etapas da “Special Edition” – Goiânia (GO), Tarumã (RS) e Potenza (MG) –, com três corridas cada. Da somatória dessas séries, sairá os campeões do Overall nas suas respectivas classes: PRO, PROAM e AM.

TRANSMISSÕES – Todas as corridas da GT Sprint Race têm transmissão ao vivo para todo o país pelo YouTube, no canal oficial da categoria (youtube.com/gtsprintrace) e no programa Acelerados (youtube.com/acelerados), no Motorsport.com, e, pela TV, no BandSports. Durante a semana, após cada etapa, também terão exibição no programa Acelerados (SBT), no Programa Na Faixa com National Sports Channel (COM Brasil TV). A geração de imagens é da MasterTV/Catve, com narração de Luc Monteiro e comentários de Eduardo Serratto.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Pirelli e Militec1, têm apoio da TecPads, Fremax, Tekbond e Gold Springs.

Confira os locais e datas da GT Sprint Race 2021:

Etapa 1 –  02 de Maio – Velocitta – Mogi Guaçu/SP (#GrandOpening)

Etapa 2 – 23 de Maio – Goiânia/GO (#SpecialEdition)

Etapa 3 – 27 de Junho – Interlagos/SP (#SuperPole)

Etapa 4 – 18 de Julho – Cascavel/PR (#TripleX)

Etapa 5 – 15 de Agosto – Tarumã/RS (#SpecialEdition)

Etapa 6 – 05 de Setembro – Curitiba/PR (#InverseRace)

Etapa 7 – 03 de Outubro – Juiz de Fora/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – Palmeira/PR (#AirportTrack)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (#MatchPoint)

Siga-nos também nas redes sociais:

Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil

Twitter: @Sprint Race

Youtube: youtube.com/sprintracebrasil

Instagram: instagram.com/sprintrace

Site: www.sprintrace.com.br

Fotos para download:

Luciano Santos_SiGCom (38)

Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa

SIG Comunicação – sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | +55 (11) 999.726.966

Crédito fotos: Luciano Santos / SiGCom