228129_418468_foto_luciano__santos_sigcom__3__web_A competição que tem por objetivo formar pilotos segue na sua terceira temporada

 

A Sprint Race chega na sua reta final e restam quatro corridas das 16 do calendário 2014. A penúltima e sétima etapa está marcada para os dias 07 a 09 de novembro no anel externo (oval) da pista do Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais (PR). Os pilotos curitibanos, Flávio Lisboa e Kau Machado competem pela categoria PRO e GP, respectivamente, e fazem belíssimas campanhas na edição 2014.

O líder do campeonato pela categoria PRO completou todas as corridas do ano, assegurou três vitórias e ficou em segundo em cinco corridas, somando 255 pontos na tabela de classificação. “Tenho duas corridas de folga para descartar e não está nos favorecendo, pois tenho que dispensar um quinto e um terceiro. Mas a soma dos pontos na última etapa disputada e ficar na frente dos meus concorrentes na corrida 1 em Londrina foi importante. Sendo que, utilizei a mesma estratégia na corrida 2 (noturna)”, declarou Flávio Lisboa.

O piloto ainda falou sobre a sua primeira disputa em corrida noturna. “A corrida noturna foi uma experiência sensacional, bem difícil e só precisa de poucos ajustes para os próximos anos. A participação do Higor Hoffmann para mim foi essencial, por que ele venceu e não está disputando o campeonato. Para mim a segunda posição foi como se fosse uma vitória”, ressaltou Lisboa.

228498_419512_foto_luciano_santos___sigcom__6_Kau Machado, líder na categoria GP, descartará as duas corridas não completadas. O piloto conta com seis vitórias (uma delas com pontuação dobrada) e um segundo lugar. “Tenho para descartar a segunda corrida de Interlagos e a primeira de Cascavel, com isso não precisarei abrir mão de nenhum resultados dos já somados atualmente. Estou preparado para fazer grandes corridas até o final do campeonato e como venho dizendo, gostaria muito de fechar o ano como campeão. Mas não posso relaxar, pois ainda temos quatro corridas para disputar e 150 pontos em jogo, então tenho que manter o foco e continuar como minha preparação forte rumo ao título”, declara o piloto veterano.

O piloto a bordo do Sprint número 44 fala sobre a temporada. “Um campeonato acima das minhas expectativas, devido ao ingresso de alguns pilotos novatos, mas o que estamos vendo é uma categoria andando junto o tempo todo nas diversas pistas que tivemos nossas corridas. Isso é muito bom, porque mostra a qualidade dos pilotos da Sprint Race Brasil”, acrescentou Kau.

“Foram muitas as novidades que tivemos no campeonato da Sprint, como corrida noturna, dois finais de semana com pontuação dobrada, separação por idade nos campeonatos mais não na pista, copas de tiro curto durante o ano, no decorrer do campeonato. E, além disso tudo, o carro que foi melhorado para 2014 e o tornou mais prazeroso para pilotar”, conclui Kau Machado.

O organizador da Sprint Race Brasil, Thiago Marques, destaca: “Vejo a liderança de ambos como justa até o momento. O fato de descartarem pontos, comprova que souberam administrar suas corridas sem se envolver em acidentes e ao mesmo tempo cuidando de seus carros. Lisboa, que tem apenas 17 anos, terminou todas as 12 corridas entre os cinco primeiros. Isso é quase que um fato inédito no automobilismo, onde ele demonstra sua maturidade apesar da pouca idade e ao mesmo tempo, destaca também a durabilidade do carro”, conclui.

Sistema de Disputa

Em 2014 o sistema de disputa da Sprint Race permanece o mesmo, com 16 corridas que acontecem em oito datas diferentes, com 25 minutos de prova, onde cada carro pode ser representado por um ou dois pilotos. No caso das duplas, cada piloto terá o mesmo tempo de treinos e corridas. A premiação acontece do primeiro ao terceiro lugar, sendo que em cada etapa o vencedor recebe um prêmio.

Para competir, o piloto precisa apresentar apenas seu equipamento pessoal e recebe a preparação de um legítimo carro de competição com o mais alto padrão de qualidade, performance e segurança.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardhal, Fremax e Rio Custom.

Classificações da Sprint Race Brasil 2014, após sexta etapa:

Categoria PRO
1) Flávio Lisboa, 255
2) Yago/ Yuri Cesário, 200
3) Marco Garcia, 178
4) Gustavo Frigotto, 162
5) Caito Vianna, 146
6) Luiz Santos/ Matheus Biriba, 129
7) Gustavo Kiryla, 128
8) Higor Hoffman/ Marcelo Ramaciotti, 43
9) Guilherme Salas/ Olin Galli, 41
10) Gustavo Martins, 25

Categoria GP
1) Kau Machado, 257
2) Adriano Amaral, 210
3) Eduardo Serratto/ Marcelo Rodriguez, 204
4) Roberto/ Luca Milani, 175
5) Alline Cipriani, 111
6) Marcelo Maiolli, 109
7) Adriano Nogueira, 103
8) Gustavo Trunci, 92
9) Daniel Daroz, 37
10) Daniel Corrêa, 34

Mais informações:
Site: www.sprintrace.com.br
Facebook: Sprint Race Brasil
Twitter: Sprint Race

Texto: Silvana Grezzana Santos
sig@sigcomunicacao.com.br
Crédito fotos: Luciano Santos/Sigcom